6 Casos onde se usa o Cartão Cidadão

Criado pelo Governo Federal, o Cartão Cidadão é um documento magnético indispensável na vida dos trabalhadores brasileiros, pois proporciona o acesso a inúmeros benefícios oferecidos pelo Governo e administrado pela Caixa Econômica Federal.

O Cartão Cidadão foi criado para substituir o Cartão do Trabalhador, podendo ser utilizado em diversas situações como consultar e receber os benefícios sociais como o PIS, FGTS e outros benefícios.

Veja também sobre o Saldo Bolsa Família 2019.

Quem tem direito?

Para ter direito ao Cartão Cidadão é preciso ter FGTS provisionado, rendimentos do PIS, Abono Salarial ou que ainda esteja recebendo parcelas do Seguro-Desemprego.

Isto é, para solicitar o Cartão é necessário que o trabalhador brasileiro esteja devidamente cadastrado no PIS/PASEP, e que seus dados estejam atualizados. Fique atento as datas do calendário PIS 2019 para garantir seu benefício.

Os cidadãos que possuem direito a benefícios sociais como o Calendário Bolsa Família, por exemplo, também podem solicitar o Cartão para realizar os saques.

 

Benefício social as famílias carentes têm aumento de 5,67%

Garanto que você já ouviu falar no beneficio social chamado bolsa família, esse benefício e um dos mais difundidos do Brasil, e a proposta do mesmo e acabar com a extrema pobreza do pais, e contribuir para que crianças não tenham que abandonar a escola para ajudar trabalhando e complementando a renda dos seus pais, com isso acaba combatendo os índices de analfabetismo do Brasil, e desenvolvendo o pais, ao menos em teoria deveria funcionar assim, se condiz com a realidade ou não é outra história e não vem ao caso no momento.

Quem tem direito ao beneficio?

Diversas são as dúvidas de quem tem direito ao bolsa família, muitos brasileiros deixam de recebem esse auxilio mensal por não saber se tem direito ao mesmo, saiba então quem tem direito ao bolsa família.

Para que você tenha direito ao bolsa família primeiramente e necessário que você esteja cadastrado no Cadastro Único para Programas Sociais, ou também como e chamado (CadÚnico), esse processo deve ser feito no seu município, e será necessário também que você leve juntamente os documentos de identificação do seu quadro familiar, o titular do programa deverá levar o seu CPF ou o título de eleitor, normalmente e solicitado que o titular do programa seja a esposa. Assim que cadastrado no CadÚnico e necessário procurar a prefeitura do seu município e informar o seu CadÚnico para assim pode participar do bolsa família.

O programa bolsa família e destinado para famílias em situações de extrema pobreza. Criado pelo governo com intuito de ajudar financeiramente essas famílias com uma pequena quantia em dinheiro, assim gerando ao menos um pouco de bem-estar para os membros da mesma.

Apesar de estar em vigor a alguns anos, uma boa parcela da população não se cadastra por não ter acesso a informação, e assim não conhecer as normas do programa, quem tem direito ao acesso e etc. Por não saber dessas coisas essa parcela acaba por não se cadastrar no benefício que poderia ajudar e muito os membros dessa família.

Em resumo a proposta do Bolsa Família visa combater a pobreza, promover a inclusão social dos mais necessitados, combater a fome, educação e acesso a serviços públicos como postos de saúde e demais.

Como receber o benefício

Para receber o valor do bolsa família primeiramente você irá precisar possuir o cartão bolsa família, e devera se deslocar até uma agência da caixa, lotérica conveniada caixa, outro qualquer posto de atendimento Caixa Aqui, munido do seu cartão, e do documento do titular da conta, quem deverá fazer o saque e o titular da conta, e necessário também ficar atendo ao calendário bolsa família para que você saiba quais são as datas para realizar os saques, e não perca seu benefício acumulando o mesmo. Vale lembrar que quem acumular 3 meses seguidos o valor, acaba por perder o benefício pois o governo interpreta que essa família não necessita mais do auxílio bolsa família.